Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2009

Exposição sobre irmãos Villas Bôas é prorrogada até 31 de julho

A exposição Irmãos Villas Bôas - Vidas de Conquistas, que permite às pessoas conhecerem mais sobre a cultura indígena do Xingu, permanece até dia 31 de julho, com visitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

SÃO PAULO (ABN NEWS) - A exposição “Irmãos Villas Bôas – Vidas de Conquistas”, realizada pelo Memorial do Ensino Municipal, foi prorrogada. As pessoas poderão conhecer mais sobre a cultura indígena do Xingu pelo olhar da família Villas Bôas e o trabalho realizado pelos sertanistas junto aos índios brasileiros gratuitamente até o dia 31 de julho. As visitas podem ser feitas pelo público em geral de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Durante as visitas, um monitor explica o trabalho dos Villas Bôas por meio de imagens, objetos e vídeos que entrelaçam a trajetória dos irmãos à história do Xingu, entre eles painéis com fotos do arquivo pessoal do sertanista Orlando Villas Bôas, cedidas pelo filho Noel, retratando festas, rituais, a vida na tribo e a relação com os índios. A expos…

Índios ocupam prédio em protesto pela falta de médicos

Revoltados com a falta de médicos nas aldeias e com a decisão da Funasa de terceirizar os serviços de saúde no Distrito, índios da etnia Karajá e Canela, ocuparam a partir das 9:00 horas desta segunda-feira, dia 22 de junho, a sede administrativa do DSEI Araguaia, em São Félix do Araguaia.

Segundo Samuel Yriwana Karajá, coordenador da Ong Indígena Iny Mahadu, o motivo da ocupação é sensibilizar a direção do DESAI, em Brasília, para o sucateamento dos serviços de saúde indígena. “Nossas aldeias estão sem médicos. Está difícil encontrar profissionais de saúde para trabalhar na área indígena” declara Samuel.

Segundo ele “essa situação vai piorar ainda mais com essa decisão da Funasa de não fazer mais o convênio com as Ongs Indígenas e terceirizar todas as ações com empresas particulares.”

Samuel disse ainda que “Nosso movimento é pacifico. Queremos conversar com algum representante de Brasília. Vamos ocupar o prédio até que sejamos ouvidos. Queremos continuar com o convênio com as Ongs I…

Índios bororos deixam alcoolismo e projeto vira referência internacional

A vitória de 34 índios bororos de Mato Grosso sobre a dependência do álcool, está recebendo projeção internacional esta semana. O caso de sucesso está sendo apresentado no “Congresso Internacional de Medicinas Tradicionais, Interculturalidade e Saúde Mental", que se realiza até amanhã, na cidade peruana de Tarapoto.

O Projeto Alcoólico Indígena (PAI), promovido pelo Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Cuiabá - da Coordenação Regional de Mato Grosso (Core/MT), da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) - tem como objetivo combater o aumento do consumo de bebidas alcoólicas entre os bororos, além de resgatar a independência do vício. O álcool tem se tornado cada vez mais comum entre os índios e, há anos, esta é uma realidade que preocupa as lideranças indígenas.

Os trabalhos de prevenção e combate ao alcoolismo são desenvolvidos há quatro anos, nas aldeias. Dois técnicos que atuam diretamente no projeto, Edmilson Canale e Danielle Spagnol.De acordo com Danielle, o projeto não só …

UFMG terá vestibular especial para índios

Seleção será realizada em julho.
Serão 12 vagas extras por ano pelos próximos quatro anos.



A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) informou que realizará processo seletivo diferenciado para índios neste ano. Serão 12 vagas extras por ano, pelos próximos quatro anos, que não comprometerão as vagas do vestibular.



Elas serão distribuídas igualmente entre seis cursos: medicina, enfermagem, odontologia, ciências biológicas e ciências sociais, no campus Pampulha, em Belo Horizonte, e agronomia, em Montes Claros.



De acordo com a UFMG, a iniciativa está ligada a preocupação com o respeito à diversidade e a inclusão. Segundo a pró-reitora de graduação, Carmela Polito, em até duas semanas será publicado o edital com as especificações da seleção, que deverá ser realizada em julho.



A prova será dividida em duas etapas, em um único dia. O vestibular será feito em parceria com a Fundação Nacional do Índio (Funai), responsável pela divulgação da prova, e vai acontecer anualmente em dois polos: Belo…

Índios discutem criação de universidade própria

A IV Cúpula Continental dos Povos Indígenas de Abya Yala, que acontece até este domingo (31) em Puno, cidade do Peru, discutiu a necessidade de criação de universidades indígenas, entre outros temas. A informação é da Agência Brasil.



Os grupos de trabalho tratam de questões, como o direito à água, a militarização de territórios e a contaminação dos rios por derivados de petróleo. Os representantes brasileiros estão como palestrantes em sete dos 14 grandes temas da cúpula.

A proposta de criação de universidades indígenas foi discutida no grupo temático sobre a Descolonização do Saber, Dívida Cultural e Transmissão Intergeracional. Foi defendido o papel dessas instituições: valorizar e trabalhar positivamente o saber local, propiciando que o indígena não se afaste de suas origens para estudar.

Para a antropóloga Rita Segato, da Universidade de Brasília (UnB), e uma das palestrantes, “é extrema a exigência sobre os jovens indígenas atualmente, que devem manter a sua própria cultura, e ainda…